Mini-abdominoplastia ou abdominoplastia completa

Abdominoplastia-ou-mini-abdominoplastia-300x191 Após perda de peso significativa ou alterações no corpo após a gravidez, a pele e os músculos da barriga podem permanecer soltos e ficar esticados.

Ao contrário do peso extra, esses problemas não podem ser corrigidos com dieta ou exercício. Em vez disso, a cirurgia plástica geralmente oferece a solução mais eficaz.

Enquanto uma abdominoplastia completa ou uma mini-abdominoplastia podem ajudar a melhorar os contornos do seu meio, existem quatro diferenças definitivas entre esses dois procedimentos. Vamos conhecer essas diferenças!

1. Comprimento da incisão

Uma das diferenças mais notáveis ​​entre uma abdominoplastia completa e uma mini-abdominoplastia é o comprimento da incisão inicial.

Uma incisão de abdominoplastia completa geralmente vai de quadril a quadril, enquanto uma mini-abdominoplastia usa uma incisão mais curta, mesmo que a colocação seja a mesma.

Embora a ideia de uma cicatriz menor seja compreensivelmente atraente para muitos pacientes, lembre-se de que uma incisão mais curta também significa acesso mais limitado durante a cirurgia, o que poderia afetar o nível de correção que seu cirurgião de abdominoplastia é capaz de alcançar.

2. Possível nível de correção

Uma abdominoplastia completa puxa a pele novamente e repara os músculos abdominais desde as costelas até o púbis.

Por esta razão, os pacientes que têm pele ou frouxidão muscular através da parte superior do abdômen, em quase todos os casos, observam melhores resultados com a cirurgia tradicional de abdominoplastia.

Uma mini-abdominoplastia, por outro lado, aperta apenas a pele e o músculo da barriga inferior. As correções começam logo abaixo do umbigo.

No entanto, os pacientes cuja frouxidão da pele e do músculo é limitada apenas à parte inferior do abdômen podem ficar muito felizes com uma mini-abdominoplastia, especialmente se os músculos abdominais superiores já estiverem razoavelmente em boa forma.

3. O umbigo

Durante uma abdominoplastia completa, o umbigo existente é removido e realocado. Isso ocorre porque o posicionamento do umbigo é puxado para baixo no abdome durante a cirurgia, e a posição resultante não pareceria correta se deixada como está.

Uma vez que uma mini-abdominoplastia remove menos a pele, a colocação do umbigo natural não é visivelmente alterada e não precisa ser reposicionada, removida ou recriada.

Isso também significa que não há risco de uma cicatriz ao redor do umbigo, como às vezes é visto em uma cirurgia tradicional de abdominoplastia.

4. Recuperação

Além dos cuidados básicos, paciência também será fundamental no seu pós-operatório de abdominoplastia completa.

Ao se preparar para fazer este procedimento, tenha em mente que cirurgia plástica não é um milagre, em que você acorda da anestesia e está com a barriga chapada.

Cada etapa do processo é importante e contribui para uma recuperação mais tranquila e um resultado mais satisfatório.

Confira abaixo alguns cuidados básicos do pós-operatório de abdominoplastia completa: 

Atividades leves

No pós-abdominoplastia o retorno às suas atividades do cotidiano será gradativo, mas no geral ocorre em 3 semanas. Claro que isso pode variar dependendo da evolução de cada paciente e até da atividade em questão.

Posição curvada

Você não deverá esticar seu tronco por cerca de 3 semanas após a cirurgia para evitar a abertura dos pontos. Por este motivo deve andar de forma curvada. Ao longo desse período, a pele se acomoda naturalmente e a curvatura será menor.

Dormir de barriga para cima

Na hora de dormir, a posição certa é de barriga para cima, com a cabeça mais alta e as pernas dobradas, apoiadas em travesseiros. Isso deve ser feito no primeiro mês com o objetivo de evitar esforço na região e, consequentemente, a abertura de pontos. Além disso, auxilia na prevenção de trombose.

 Pequenas caminhadas

Evitar esforço físico não significa que você deve ficar imóvel. Pelo contrário, é recomendado que você faça pequenas caminhadas, devagar e respeitando as limitações do seu corpo.

Cuidados básicos do pós-operatório da mini-abdominoplastia:

O pós-operatório da mini-abdominoplastia é mais rápido que uma abdominoplastia completa, no entanto ainda é preciso ter alguns cuidados semelhantes, como:

  • usar cinta abdominal durante todo o dia, pelo período de aproximadamente 30 dias;
  • evitar esforços no primeiro mês;
  • ficar levemente curvado para frente durante os primeiros 15 dias para evitar a reabertura dos pontos;
  • dormir de barriga para cima durante os primeiros 15 dias;

Observação: é importante a realizações de, no mínimo, 20 sessões de drenagem linfática manual em dias intercalados com início cerca de 3 dias após a cirurgia.

Qual é o certo para você?

Então, como você pode decidir se quer escolher mini-abdominoplastia ou abdominoplastia completa? A decisão realmente se resume a seus objetivos pessoais e se você é um candidato melhor para uma opção ou outra.

Homens e mulheres que precisam de correção mais significativa provavelmente verão um resultado melhor de uma abdominoplastia completa.

Leia também:

Abdominoplastia: quais são passos para realizar a cirurgia

Deixe um comentário